Sobre Heróis e Pontes

Meu filho Lucas tem poucas pontes com o mundo externo. Porém, quando as constrói, são sólidas. O Lucas só as atravessa após estar muito seguro, e por isto devem ser sólidas.

O mundo do Lucas é muito mais seguro para ele. Pontes novas ou desconhecidas nós atravessamos juntos, de mãos dadas! Sempre. Ele vem só um pouquinho atrás de mim.

Eu não vou mudar o Lucas. Sou egoísta! E entre escolher quais dos mundos é melhor, inclusive para o próprio mundo, tenho certeza que o do Lucas é mais puro. Então, que mude o mundo!

Entretanto… existe uma ponte que o Lucas adora. Não! Ele a ama!

É a ponte que o leva ao futebol! Não houve um instante sequer nesta sua longa e bem-vivida jornada atlética de 8 anos que ele não tenha convivido com bolas de futebol, Várias. Inúmeras. Em várias cores , de todos os tamanhos.

E o Lucas conhece muito bem cada uma delas, qual o melhor momento para utilizá-las. Ele sempre as traz para dento de casa quando termina o jogo, como eu fazia com minha bicicleta cross.

O Futebol é uma das pontes que ele mais tem utilizado para sair de seu mundo e conhecer o novo. E para fazer isto, o Lucas coloca seu uniforme. Na verdade, o uniforme de seu Super-Herói favorito.

Este uniforme lhe dá Superpoderes. Incríveis habilidades.  O Lucas se transforma. Sua força triplica, sua voz se solta, seus olhos brilham, suas garras se abrem.

Seu uniforme tem um sagrado nome estampado nas costas: Neymar!

O Lucas não torce para times. Ele veste o que o Neymar veste. Sempre vestirá!

E Lucas não se apega as humanícies de Neymar. Nem mesmo as entende… Resisto um pouco, mas… Heróis não sofrem deste mal, Humanite, a menos que desejem.

E não serei eu a revelar a identidade secreta de Neymar, não é necessário… não me cabe! Eu também tenho becos escuros nos meus caminhos. Se corro riscos de heróis equivocados, por outro lado, curo um pouco minhas hipocrisias…

Neste momento, eu só posso dizer ao Neymar: Muito Obrigado! A ponte que liga o Lucas ao Futebol e ao Mundo leva seu nome!

Muito Obrigado , Laila!

Lucas PSG

Gosto muito das Redes Sociais. Mas gosto mais do Bar do Beto…

E as razões para esta preferência não são difíceis de se elencar:

Ambos são Oráculos do conhecimento. Seus integrantes tem respostas para todas as grandes questões mundiais. Porém… no Bar do Beto as pessoas não têm dentes tão brancos.

Outra, apesar de navegar com bastante desenvoltura por locais que demandam gigantes egos digitais, o Bar do Beto  guarda características que me deixam mais à vontade:

. O tamanho do Network dependerá apenas da quantidade de cadeiras, aquelas de plástico que perfuram o pulmão quando você se recosta, em volta da mesa;

. No Bar do Beto você não precisará agradecer por uma ofensa que acabara de receber, você simplesmente manda a merda, com um largo sorriso, e seguem amigos;

. Você não tomará Vinho no Bar do Beto, você tomará cerveja, em goles ritmados e contínuos;

. Você não usará talheres, quando muito, um guardanapo, para segurar o ovo em conserva, o que não impedirá o inebriante fedor por mais 2 meses em seus dedos;

. Quando alguém diz que ficou desempregado, não se tentará vender nada para tal pessoa, pelo contrário, paga-se a bebida do desconsolado amigo;

. No Bar do Beto não se medirá quem sabe mais, pelo contrário, aproveita-se cada novo conhecimento! Com interesse e entusiamo, permitindo ao outro, por incrível que isto soe, concluir seu pensamento;

. No Bar do Beto todas as opiniões, sem exceção, tem o tamanho e a importância que precisam ter, o diâmetro de uma ensebada mesa de bar;

. Não bastasse tudo isto, o Linkedin não tem a melhor Costela assada de Joinville!

. E a conta Premium é mais barata no Beto…

#oreiestanu

——-XX———

LINKEDIN E A REALIDADE (DES)VIRTUAL AUMENTADA

LINKEDIN E A REALIDADE (DES)VIRTUAL AUMENTADA

Particularmente não concordo com a divisão mundo real/mundo virtual. É tudo mundo! Mas supondo que ainda ocorra, escolho o mundo virtual.

O mundo virtual é fantástico, afinal, só deixo transparecer minhas fraquezas e feiuras caso seja extremamente idiota , ainda que ser idiota não seja necessariamente uma fraqueza, mas  neste momento, uma necessidade.

Afinal, no mundo virtual:

. Não preciso falar de amenidades quando não tenho mais assunto com o interlocutor;

. Posso escolher as palavras mais bonitas;

. Posso fingir que sou um leitor aficionado;

. Posso escolher minha única e melhor foto;

. Posso desintegrar quem não concorda comigo;

. Posso fingir que não estou;

. Posso brincar que sou;

. Não preciso dar as mãos, bater nos costas ou rir de piada sem graça;

. Minha postura corporal não me denunciará quando eu elogiar alguém;

. Não serei agredido fisicamente por passar dos limites, que certamente passarei;

. Não sentirei desconforto com um alface nos dentes;

. E mais importante de tudo: Leva-se mais tempo para perceber que sou uma farsa!

 

Eu sou um avatar com 1.000 caras!

É sensacional poder editar minha personalidade todos os dias!

 

 

#oreiestanu

Alívio Imediato!

Alívio Imediato!

Só ensinamos atalhos por aqui.

Como deve ser minha roupa para a situação…

Como estruturar meu currículo para que dê a impressão de…

Mudar a foto da Rede Social de forma a …

 

O supérfluo, o insignificante, o fácil, o mais curto.

Não é isto que vai nos transformar.

Isto não se sustenta!

 

São apenas estratagemas para disfarçar vidas acadêmicas capengas, hábitos preguiçoso, experiências inúteis e conhecimentos rasos.

A louvação do eu por mim mesmo!

 

Lamentável da parte de quem promete!

Lastimável da parte de quem acredita!

Inacreditável da parte de quem compra!

 

“Mas você tem que entender que em tempo de muita competitividade estas coisas são importantes…”

 

São importantes coisa nenhuma, se é importante é porque quem demanda também faz parte de uma jacuzada que reza na mesma cartilha do atalho fácil.

 

“Eu preciso te conhecer um uma folha…” faca-me o favor!!!

Se for possível resumir minha vida em uma folha eu tenho que me dar dois tiros na cabeça!!!

 

A receita tem que ser: Estude, Leia, Informe-se, Crie, Duvide, Estude, Leia, Informe-se, Crie, Duvide…

Quer saber se um candidato serve para sua empresa em uma folha, peça para ele calcular a área da folha!

 

Roupa, Apresentação, Foto, Dentes Brancos, Moda … pare agora de encher o saco da molecada só com estas fantasias. Este atalho não se sustenta por mais de 3 meses!

Quem vai bancar o menino quando o guri precisar se virar, até onde vai sua responsabilidade?

Vai fazer como agora, com uma foto bacana olhando para o nada, mas não sabendo analisar uma distribuição estatística?

#oreiestanu

 

 

Foi o Mordomo!

Foi o Mordomo!

O Linkedin é uma Festa! Não, é mais do que uma Festa. É um Cerimonial.

E um Cerimonial para o qual eu não fui convidado…

 

Todas as castas estão representadas, inclusive a de Lordes falidos, em tentativas patéticas de irradiar influências que não mais possuem (ou, nunca tiveram).

Restam-lhes, ainda, alguma audiência, formada por desavisados, idiotas e canastrões, que brigarão por suas carcaças cansadas. Ou, canastrões idiotas desavisados…

Pareço não pertencer ao mundo expelido nas rodadas de Networking! É como se eu fora convidado para um casamento da Realeza Britânica.

Eu não conheço os cerimoniais do Linkedin. Eu não sei sobre o que falar, sobre o que e como comer, e o que, sequer, odiar…

Mas acho que, finalmente, encontrei meu papel.

Eu não sou um convidado. Eu sou o Mordomo.

 

Um Mordomo clássico. A vocação que mais me fascina! Eu sou o James Stevens, de Anthony Hopkins, em The Remains of the Day!

Eu ando de um lado para outro, Eu sirvo, Eu apenas ouço!

Meu pai falece, mas eu não tenho tempo agora.

Faço minhas reflexões introspectivas.

Mexo no efeito para alterar a causa.

Eu lustro a prataria enquanto Sir Idiot vende o nada a pequenos ignorantes, por hora, bem-vestidos.

Eu sou invisível a todos!

 

Eu estou semi- feliz com isto!

 

#oreiestanu

O Rei voltou… Longa vida ao Rei!!!

Regozijem-se Súditos!!!

O Rei está volta dos campos de batalha, com as cabeças dos inimigos em bandejas de prata e todo o espólio para dividir com seu Povo.

A batalha para editar, revisar e publicar o  #oreiestanu_ATO_I foi vencida.

Compre-me ou Devoro-te!!!

 

 

 

Gosto muito das Redes Sociais. Mas (ainda) gosto mais do Bar do Beto…

** este post atingiu mais de 300.000 views, nao é nada, não é nada… não é nada mesmo!**

—————————————–

Os dois são Oráculos do conhecimento. Mas no Bar do Beto as pessoas não têm dentes tão brancos.

O Bar do Beto ainda tem (ou substitua por: As Redes Sociais ainda não tem…) algumas características que me deixam mais à vontade:

. O tamanho do Nétiuorqui depende apenas da quantidade de cadeiras, aquelas de plástico, em volta da mesa;

. No Bar do Beto você não precisa agradecer por uma ofensa que acabara de receber, você simplesmente manda a merda, e seguem amigos;

. Você não toma Vinho no Bar do Beto, você toma cerveja;

. Você não usa talheres, você usa, quando muito, um guardanapo para segurar o ovo em conserva, e mesmo assim aquele fedor vai ficar mais uns 2 dias em suas mãos;

. Quando alguém diz que ficou desempregado não se tenta vender nada para a pessoa, aliás, paga-se a cerva dele;

. No Bar do Beto não se mede quem sabe mais, aproveita-se cada novo conhecimento;

. No Bar do Beto todas as suas opiniões tem o tamanho que precisam ter, o tamanho de uma ensebada mesa de bar;

. O Linkedin não tem a melhor Costela assada de Joinville!

. E a conta Premium é mais barata no Beto…

#oreiestanu

——-XX———